terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Corpo do Padre Miguel Lencastre é velado no Santuário de Olinda


O corpo do Padre Miguel Lencastre, principal responsável pela divulgação do movimento Mãe Rainha no Nordeste, está sendo velado na manhã desta terça-feira (14) em Olinda. O velório acontece desde a noite da segunda (13) no Santuário do Morro do Peludo, no bairro de Ouro Preto, local que foi fundado pelo padre há 21 anos. O funeral será no Cemitério Parque das Flores, no bairro do Sancho, Zona Sul do Recife, às 16h30.
Serão celebradas duas Missas, às 9 horas e às 13 horas, a segunda conduzida pelo arcebispo de Recife e Olinda Dom Fernando Saburido. Um cortejo sairá do santuário às 14,30 horas.
O padre Miguel Lencastre nasceu em Portugal e tinha 84 anos. É o fundador do terço dos homens, movimento de homens que se reúnem para rezar o terço e que agrega mais de um milhão de fiéis. Ele também foi um dos principais responsáveis por divulgar o movimento Mãe Rainha no Nordeste, que se origina do movimento de origem alemã Schoenstatt. O Padre Miguel Lencastre estava internado no Hospital Português, no Recife, há mais de 40 dias. 
O padre Pedro Cabello, um dos atuais responsáveis pelo Santuário, relembra os momentos de quando chegou do Chile e conheceu Miguel Lencastre. "Eu sou chileno, vim para trabalhar aqui. Nós tínhamos um relacionamento muito especial. Ele era o padre experiente e eu, o iniciante", relatou. Segundo o Padre Cabello, o Padre Miguel Lencastre fazia muitas viagens a Portugal para divulgar os movimentos Mãe Rainha e o terço dos homens. Foi ao regressar de uma dessas viagens que o Padre foi internado no Hospital Real Português, já debilitado. Segundo o Padre Cabello, o Padre Miguel faleceu às 17,30 horas de segunda feira (14), por complicações de um cancro
Texto publicado no site da Rádio CBN, do Brasil
Fami e Paulo

1 comentário:

Reiki MT disse...

Tive a honra de conviver com o Padre Miguel Lencastre entre os de 1993 e 2000 e por várias vezes o acompanhei em suas viagens missionárias. Chegava a ficar em Jaboatão dos Guararapes, hospedado em seu apartamento por várias semanas, dua a 3 vezes por ano e partilhávamos de momentos sempre muito alegres. Padre Miguel sempre conservava o sorriso estampado no rosto e, mesmo em momentos de saúde mais fragilizada, jamais deixou de celebrar a Santa Missa diária. O amor pela Mãe e pelo povo do Nordeste do Brasil ficarão para sempre em minha mente e coração. Deixa muitas saudades...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...