segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

Entrevista a Lena Castro Valente


Através de mail, fizemos uma pequena entrevista à autora do livro “Um SIM Decisivo – Padre Miguel Lencastre e Schoenstatt em Portugal”.
Agradecemos à Lena Castro Valente, a disponibilidade manifestada para responder a estas perguntas, que permitem conhecer melhor as motivações que a levaram a escrever este livro.

Como surgiu a ideia de escrever um livro sobre as origens do Movimento de Schoenstatt em Portugal?

A ideia de escrever o livro, veio-me porque estava cansada de ouvir e ler algumas inveracidades sobre o assunto, para além de eu própria ter lacunas grandes, quanto ao que se passou, gostando eu também de conhecer as nossas origens. Além disso, o meu contacto privilegiado com o Padre Miguel, proporcionou-me acesso ao conhecimento de factos que ninguém relatava (penso que por ignorância) e que devido à idade do Padre Miguel, acabariam por se perder.
A partir daqui, fui fazendo pesquisas (pois tento dar o maior número de perspectivas possíveis) e saiu o livro. Portanto, relato factos que as pessoas não conhecem e corrijo algumas versões de outros, que não têm sido muito bem contados.
Fico feliz porque neste livro se faz justiça a pessoas importantes para a Fundação de Schoenstatt no nosso país e de que ninguém fala.

Qual o papel que o Padre Miguel Lencastre teve nesta bonita história e qual o porquê do título “Um SIM decisivo…”?

O papel do Padre Miguel, para além de ser uma fonte de informação, é o papel que a Divina Providência lhe deu nesta Fundação, que foi o de ser o elemento desencadeador do processo através do SIM que deua a Nossa Senhora, quando se converteu.
Daí o título “Um SIM decisivo…”.
A Fundação de Schoenstatt em Portugal, é contada ligando-a à vida do Padre Miguel.
Mas nada substitui a leitura do livro.


Neste ano de 2010, em que celebrámos 50 anos de presença do Movimento de Schoenstatt em Portugal, acha que podem vir a surgir mais livros de autores portugueses, dedicados a este tema?

Não sei se mais alguém vai escrever, mas eu estou a pensar fazê-lo, se o Padre Miguel concordar, sobre os anos que ele passou na Gafanha da Nazaré, como pároco.
Para isso, preciso que vocês trabalhem na vossa História, para eu poder ter mais fontes de informação.
Mas para já, é só um projecto na minha cabeça.
Muito obrigada por tudo.

Nós é que agradecemos, principalmente pela mensagem que escreveu a anteceder as respostas às questões colocadas e que aqui transcrevemos:
“O vosso blog é realmente muito bom, não são vãs as palavras que digo. Tem o maior interesse e como referi, tem sido muito útil para mim, pois até para a elaboração do livro, lá fui buscar alguns pormenores importantes.
Para estar como está, o vosso blog dá um trabalho imenso, sobretudo de actualização. Estão mesmo de parabéns.”

Paulo e Fami

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...