terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Atelier sobre o Santuário de Schoenstatt


Amanhã, dia 01 de Fevereiro de 2012, pelas 21 horas, vai ter lugar na Casa Padre Kentenich (Centro Tabor) um atelier dedicado ao Santuário de Schoenstatt.
Na peregrinação Rumo a 2014, vivemos este ano o Ano da Corrente do Santuário, por isso é bom que possamos aprofundar os nossos conhecimentos sobre este tema.
Para que isto aconteça, basta aparecer amanhã às 21 horas. Contamos com a sua presença.

"Há, porém, alguns lugares, nos quais os homens sentem particularmente viva a presença da Mãe. Não raro, estes locais irradiam amplamente a sua luz e atraem a si pessoas de longe. O seu círculo de irradiação pode estender-se ao âmbito de uma diocese, a uma nação inteira, por vezes a países e até aos diversos continentes. Estes lugares são os Santuários marianos."
(Papa João Paulo II, sobre os Santuários Marianos)

Fami e Paulo

"Vamos ao Santuário" - Encontro de Missionários da Mãe Peregrina


No passado dia 21, um dia bonito de sol com muito frio, quarenta e seis missionários da Mãe Peregrina de Schoenstatt, da diocese de Aveiro, estiveram reunidos no Centro Tabor, para um dia de formação, reflexão e partilha. "Vamos ao Santuário" foi o convite da Campanha da Mãe Peregrina para o início deste novo ano, em que celebramos o Ano do Santuário. Um convite que se estenderá ao longo do ano, ou seja, para as peregrinações de verão, organizadas para as famílias que recebem a Mãe Peregrina em suas casas.
"Vamos ao Santuário" quis proporcionar o encontro no Santuário com Deus, a Mãe de Deus, com os outros e consigo mesmo. Para isso começamos o nosso dia no Santuário, saudando a Jesus e Sua Mãe. Aí tivemos o impulso para o tema que trabalhamos ao longo do dia: o Santuário Peregrino na Rede dos Santuários de Schoenstatt. Depois de um olhar às origens do Santuário Original, Santuário-Filial, Santuário-Lar e Santuário-Coração, detivemo-nos no Santuário Peregrino. Deixamo-nos inspirar na vida do Diácono João Pozzobon, através de um pequeno documentário em que podemos ouvir e ver o próprio a contar sobre as origens e desenvolvimento da Campanha, especialmente sobre a vinculação ao Santuário, toda a vida pessoal e da campanha gerada no Santuário e a partir do Santuário. O Sr. João é um modelo de vida cristã, como pai de família e grande apóstolo de Nossa Senhora. Conhecemos muito da sua vida, mas sempre de novo surgem pequenos e quase insignificantes atos que nos chamam a atenção, como um gesto tão simples de levar à sua esposa um "cafezinho" à cama, pela manhã, antes de ir à missa. Um "cafezinho" não é nada, dizia o Sr. João, mas significa amor. 


João Pozzobon dizia: “No Santuário da Mãe, Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt, foi onde teve lugar a minha grande descoberta: a Campanha do Santo Rosário. É uma história tão grande… encontrava-me num retiro, fui fazer a minha meditação e no meu interior ouvi uma voz: deves ir rezar o rosário nas famílias." Todos conhecemos o episódio em que João Pozzobon disse ao P.Kentenich: "Conheço uma pessoa que, quando reza o terço, veste as suas melhores roupas, pois sente muita alegria em reza-lo." E o P. Kentenich respondeu: "Não lhe diga isto, mas esta pessoa terminará sendo uma pessoa santa". O Santo Rosário era a oração predileta de João Pozzobon e também o seu presente de amor a Nossa Senhora. Chegou a rezar 15 terços por dia.
Assim neste dia de encontro, os missionários também rezaram o terço, caminhando no recinto à volta do Santuário, meditando nos Mistérios Gozosos e em exemplos de vida de João Pozzobon.


Levamos uma imagem grande da Mãe Peregrina que, a cada Avé Maria, passava de mão em mão. Não pesava 11 kg como a do João Pozzobon, nem percorremos caminhos durantes dias, mas tivemos este pequeno gesto que nos ajudou, ainda mais, a tomar consciência da nossa missão como missionários. 


A tarde começou com uma dinâmica sobre a Rede de Santuários, nomeadamente a Rede dos Santuários Peregrinos. Num só círculo, foram formados grupos conforme as cores que receberam no acolhimento. Por isso, os missonários das diversas paróquias ficaram misturados. O jogo obrigava a levantar e ir ao encontro de outro elemento do grupo, sempre que o grupo respondesse certo à questão que lhe era colocada. Perguntas simples sobre o Santuário e a Campanha da Mãe Peregrina. A brincar, fomos testando os nossos conhecimentos.
Depois ainda escutamos o testemunho da Ir.Rosane que conheceu pessoalmente João Pozzobon, no Brasil, quando ainda não era Irmã de Maria.


A seguir, os grupos dividiram-se para partilha e trabalho sobre correntes de vida gerada pela campanha. Depois do plenário, terminamos com chá e folar doce na Casa Padre José Kentenich.
Com forças renovadas, cada um pode levar agora um pouco da riqueza que recebeu, durante este dia, para continuar a sua missão na paróquia.

Ir.Paula, CMP

Fotos: Paulo Teixeira

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Um convite para todas as crianças

video

Este é um apelo para que as nossas crianças participem no Coro dos Pequenos Cantores do Santuário, que anima a missa aos sábados.
Este coro pretende que as nossas crianças, e as pessoas presentes na missa, tenham uma celebração mais alegre e divertida!

Toda a gente é bem-vinda,
Nesta missa divertida.
Vamos cantar e rezar,
E a missa animar!

Informações:
- Os ensaios decorrem todos os sábados, das 16h às 17h, seguido de missa!

ESPERAMOS QUE TRAGAM AS VOSSAS CRIANÇAS!

Carolina & Carolina


Jantar de Natal do 1º Grupo de Namorados

Para comemorar a época Natalícia, o 1º Grupo de Namorados reuniu-se para um jantar muito especial. Tudo foi elaborado por nós, sempre com o apoio incondicional dos nossos chefes Paulinha e João Paz. Marcaram também presença a Ana Margarida e o Pedro, os primeiros namorados que tiveram o seu casamento em 2011.
Foi uma tarde bem divertida passada na cozinha onde não faltou trabalho mas também espírito de equipa!
As meninas dedicaram-se ao prato principal – bacalhau com natas - e os meninos aos aperitivos e à decoração da mesa.


Depois de descascar batatas, desfiar o bacalhau e levar ao forno, o belo do bacalhau estava pronto a ser servido. Ficou uma verdadeira delícia!
Os nossos meninos, também com muita dedicação, fizeram umas maravilhosas entradas, em conjunto com uma decoração bem requintada!
O jantar foi para a mesa já passava das dez da noite mas valeu a pena o trabalho.
O resto da noite foi passada a jogar “Trivial Pursuit”. Um jogo bem divertido que põe à prova a nossa cultura geral!
Por fim, resta-nos agradecer aos nossos chefes pelo belo serão que nos proporcionaram nesta noite.

Joana Santos

domingo, 29 de janeiro de 2012

2º Grupo de Namorados - Jantar de Natal


Apesar de já estarmos em Janeiro, é bom recordar certos momentos pelos quais passámos cheios de alegria, amizade e amor !
Foi em Dezembro, que o 2º Grupo de Namorados, que se formou no passado ano de 2011, teve o seu primeiro jantar de Natal, na casa dos nossos tão queridos dirigentes : Susana e Carlos Capela. 
Somos um grupo composto por cinco casais, sob o olhar atento dos nosso dirigentes - Susana e Carlos Capela e Paula e João Paz. 
Como já referi, o grupo ainda é recente mas já é notória a boa disposição e a alegria que se sente quando nos encontramos, após dias sem vermos os casais amigos, nas reuniões ou convívios. 
Nestes últimos já abordámos temas como o amor, sobre o papel da mulher e do homem numa relação e realizámos jogos lúdicos e muito divertidos.  
Assim, na época Natalícia decidimos realizar um jantar, onde as namoradas teriam de deliciar os namorados com uma sobremesa e os namorados teriam de surpreender as namoradas com a decoração da mesa de jantar. Pelo resultado final, digo-vos que estaríamos todos de parabéns uma vez que as missões a nós atribuídas foram realizadas com muito sucesso :D Foi um jantar muito divertido, onde a Paula nos ensinou a fazer duas deliciosas entradas: o pão com queijo (ensinado ás meninas) e os palmiers salgados (ensinados aos meninos). Houve tempo para nos ficármos a conhecer ainda melhor, para ouvir histórias de cada casal e até para o André e a Ivete (dois membros do grupo), nos encantarem com algumas músicas.

É um grupo muito alegre e sempre pronto a receber novos casais! Por isso, se tens um namorado(a) e ficaste curioso podes sempre juntar-te a nós :)

Raquel Rocha

Imagem: imagens do google.

Rumo a 2014 - Em Aliança com Portugal


É óbvio que se pode ser schoenstattiano, falando "apenas" a sua língua materna. Sem embargo, para os schoenstattianos também é bom que estes falem vários idiomas.  Há duas semanas, no Santuário Original, "Em Aliança com Portugal" foi português, espanhol, inglês e alemão. Um símbolo do percetível crescimento da internacionalidade do Movimento Apostólico de Schoenstatt na sua peregrinação Rumo a 2014, como povo de Deus peregrino que louva e bendiz o Senhor em todas as línguas. A animação litúrgica desta Santa Missa ficou a cargo do grupo do terciado dos Padres de Schoenstatt, que atualmente se encontra na Casa do Pai, situada no Monte de Sião. Um seminarista português (o Gonçalo de Lisboa) fez a introdução na língua portuguesa; os cânticos foram em espanhol; a oração dos fiéis em inglês, e as leituras e o formulário da Missa em alemão. Na introdução de cada Santa Missa "Em Aliança com...", faz-se sempre menção de todas as intenções que foram enviadas para o Santuário Original, ao longo da respectiva semana, provenientes do mundo inteiro, sendo, em seguida, depositadas na talha. E nesta manhã, o presidente da celebração, Padre Raul Espina, assim o fez. Havia intenções provenientes da Irlanda, Alemanha, Espanha, México, Argentina, Brasil, Itália, África do Sul, Chile e Paraguai.
A segunda Santa Missa “Rumo a 2014” deste ano não foi espetacular nem fora do comum. Contudo, isso não tem importância. O mundo inteiro encontra-se representado por todos aqueles que, semana após semana, se reúnem no Santuário Original. E quando no final da Santa Missa se renova a Aliança de Amor, sabe-se que a variedade de idiomas não representa obstáculo algum, porque o momento de união é a Aliança de Amor.

sábado, 28 de janeiro de 2012

PEDALANDO RUMO A 2014 (GAFANHA - CANIDELO - GAFANHA - 140 quilómetros)


Na continuação da nossa viagem rumo ao Santuário Original e rumo a 2014, lá chegou 22 de Janeiro de 2012, dia planeado para mais uma ligação.
Às 07:00 horas da manhã, com a temperatura a rondar os 7 graus, 13 pedalantes chegaram ao Santuário de Schoenstatt, no Centro Tabor para a oração da manhã e daí iniciarmos a nossa viagem.


Às 08:00 horas, apanhámos a lancha para São Jacinto e à medida que navegávamos, o sol nasceu, anunciando um dia maravilhoso. A calma da Ria àquela hora matinal e o reflexo do sol, transmitiam uma paz e uma tranquilidade que nos fazia sentir que a mão protectora da nossa querida MTA estava ali, para nos proteger e guardar durante toda a viagem.
Acabada a travessia, iniciámos a nossa viagem, com destino ao Santuário do Canidelo, onde esperávamos chegar cerca das 12:00 horas.
Neste dia, onde o número de pedalantes de Nossa Senhora chegou aos 13, tivemos a participação pela primeira vez, de dois novos elementos: o Hugo Riço (representante da JMS) e da Joana Santos (a única representante da JFS).


As horas passavam e nós seguíamos em bom ritmo, tendo sempre muita companhia, pois durante toda a viagem, encontrámos muitos grupos de pedalantes.
A viagem seguiu pelo Furadouro, depois Espinho, onde parámos para uma pausa e um pequeno reforço. Seguimos novamente em direcção a Miramar, onde fizemos uma paragem e uma visita ao Senhor da Pedra.


Aqui, encontrámos alguns familiares que nos acompanharam de carro, o nosso repórter oficial Paulo Teixeira e sua esposa Fami que sempre fazem o favor de nos acompanhar. Em nome de todos os pedalantes de Nossa Senhora, o nosso muito obrigado!
A vontade de chegar era grande, e por isso, lá percorremos o restante caminho, sempre com muito sol e uma vista para o Mar que se perdia até ao infinito.


À chegada, lá tínhamos a Irmã Lúcia à nossa espera que com a sua simpatia nos acolheu a todos. Como o Padre Carlos Alberto não pode estar presente para rezar a missa de Acção de Graças, fizemos a nossa oração em conjunto com familiares e amigos, agradecendo mais esta ligação e pedindo força para continuar, pois o caminho é longo.


O almoço partilhado foi muito animado e apesar de se ter recomendado almoço "ligeiro " ele foi tudo menos " LIGEIRO ". Obrigado a todas as Avós que prepararam alguns miminhos!...  


Seguiu-se uma visita à nova Sala Padre José Kentenich e cerca das 14:30 horas, estávamos prontos para iniciar o regresso. A viagem de regresso correu muito bem e às 19:00 horas já estávamos na Gafanha. Parabéns aos novos pedalantes que não desistiram, fazendo os 140 quilómetros.


Queridos amigos, a Viagem Rumo a 2014 continua. Ainda falta muito para perfazer os 2500 quilómetros que ligam o nosso Tabor ao Santuário Original. Por isso, foi com muita alegria que ainda não tínhamos chegado à Gafanha e já se perguntava: PARA QUANDO A PRÓXIMA????
Neste momento e depois de 4 ligações na nossa REDE, temos um total de 631 quilómetros. Assim, fica a ideia no ar para tentar em Fevereiro ligar o nosso TABOR com o Santuário de Nossa Senhora da Saúde, em Vale de Cambra. Serão cerca de 55 quilómetros para cada lado.
Mais notícias, serão dadas quando tudo estiver planeado!...

 UNIDOS EM ALIANÇA RUMO A 2014

José Vilarinho 

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Schoenstatt de Coimbra no "Juntos pela Europa"

A Irene e o Jorge, da Liga das Famílias de Coimbra, representam o Movimento de Schoenstatt no projecto "Juntos pela Europa". Este ano o grande encontro europeu será em Bruxelas, em Maio. Conheça como Coimbra está a preparar este evento:

"Uma livre convergência de Movimentos e Comunidades Cristãs, que trabalham juntos para reavivar a alma cristã da Europa.
Tudo teve início em 1998, na vigília de Pentecostes, quando o Papa João Paulo II reuniu os Movimentos e as Novas Comunidades em Roma e pôs em relevo o papel essencial que têm na Igreja.
Os fundadores e responsáveis de vários movimentos, para responder ao apelo do Santo Padre no sentido de favorecerem um mútuo conhecimento entre todos, iniciaram um percurso de comunhão, tendo em vista reavivar a alma cristã da Europa. Mais tarde esta comunhão foi alargada a movimentos de outras igrejas cristãs e deram-se passos no sentido de, como cristãos, colaborarem para preencher o enorme vazio religioso da Europa. Pediu-se perdão reciprocamente pela divisão do passado e mais tarde fez-se um pacto: o pacto do amor recíproco entre todos, que permite experimentar a presença de Cristo, segundo a sua promessa: “Onde dois ou mais estiverem reunidos no meu nome, Eu estou no meio deles”. Com este espírito de comunhão realizaram-se em Estugarda, na Alemanha, em 2004 e em 2007, duas grandes jornadas europeias com o lema “Juntos pela Europa”, na qual participaram também muitos representantes portugueses.
Na 1ª, com cerca de 9 mil pessoas de 170 movimentos e comunidades cristãs, entre os quais 50 bispos de várias igrejas e muitos políticos, houve um solene compromisso ao “Pacto de Amor Recíproco”. Na 2ª, participaram já 240 movimentos e comunidades cristãs e manifestou-se a urgência da “comunhão” entre todos e do trabalho de renovação espiritual e social para um contributo para uma Europa mais unida, mais humana e mais responsável. Na conclusão desta Jornada surgiu um Manifesto intitulado “os 7 Sins” que sublinha em 7 pontos o desejo de mostrar as raízes cristãs da Europa. O próximo passo que “Juntos pela Europa” está a preparar, é um encontro europeu,
que será realizado a 12 de maio de 2012, em Bruxelas - no Parlamento Europeu, como ponto central, e ligado em simultâneo com o maior número de cidades europeias onde seja possível criar também uma dinâmica de animação e celebração deste evento. O evento Bruxelas 2012 está a ser preparado em pelo menos 7 cidades portuguesas, entre as quais Coimbra. Estamos a trabalhar na preparação de um evento que gostaria de ser, em sintonia com o programa de Bruxelas e das outras cidades europeias, uma festa de comunhão, de anúncio e de celebração da fé, alma da nossa cultura.
Acreditamos que este projeto poderá constituir um sinal de esperança e de fortalecimento dos valores cristãos para o nosso país, nestes tempos especialmente difíceis que atravessamos. No dia 5 de fevereiro, iremos nos reunir para um conhecimento mútuo e para refletir sobre o nosso papel na construção de uma Europa mais unida, perspetivando o próximo encontro de 12 de maio. Contamos com a presença de todos!"

A Comissão do “Juntos pela Europa” em Coimbra

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Conversão do Apóstolo São Paulo


"Aguerrido perseguidor dos discípulos de Jesus, Paulo dirigia-se para Damasco, quando, inesperadamente, o Senhor Ressussitado lhe aparece e Se lhe revela. Vencido pela graça, entrega-se, incondicionalmente a Cristo, que o escolhe para Seu apóstolo e o encarrega de anunciar o Evangelho, em pé de igualdade com os Doze.
Este encontro marcou profundamente a vida, o pensamento e a acção deste Apóstolo. Paulo descobriu, nesse momento, o poder extraordinário da graça, poder capaz de transformar um perseguidor em Apóstolo. Descobriu, igualmente, que Jesus Ressuscitado Se identifica com os cristãos («Porque Me persegues?»).
Mas este acontecimento foi também de importância decisiva para o desenvolvimento da Igreja. O convertido de Damasco, na verdade, será o Apóstolo que mais virá a contribuir para a expansão missionária da Igreja entre os povos pagãos."
 
Dada a  importância que o nosso Pai e Fundador, atribuiu a São Paulo, pois acreditava na actualidade da mensagem paulina, inspirando-se mesmo no anúncio do Apóstolo das Nações, para elaborar os temas fundamentais da sua espiritualidade, transcrevemos um pequeno texto do livro "Na escola do Apóstolo Paulo", da autoria do Dr. Peter Wolf e que contém textos escolhidos do Padre José Kentenich.
 
"Referindo-se ao incontrolável impulso dos jovens à liberdade, desafiado pela situação, o texto diz: "Precisamos aprender a nos auto-educarmos. Precisamos aprender a nos educarmos a nós próprios; a nós, com todas as nossas capacidades.
 
Precisamos ser caracteres livres. Deus não quer escravos de galera, quer remadores livres.
 
Seguindo esta linha, compreende-se que Schoenstatt se faça porta voz de uma autoridade, portanto, que não usa o poder para vergar os seus seguidores, mas para os conduzir rapidamente à verdadeira liberdade. Schoenstatt tem a feliz tarefa de mover livremente, a livre vontade humana e de acompanhá-la ao cume da montanha, segundo a prática do próprio Deus."
 
Fami e Paulo
 
Nota: A introdução foi retirada do site do Secretariado Nacional da Liturgia.

ANO do SANTUÁRIO - Peregrinação ao Santuário Original


Lembramos que a primeira fase de inscrições para a Peregrinação Europeia ao Santuário Original, por altura da COROAÇÃO DA RAINHA DA NOVA EVANGELIZAÇÃO DA EUROPA, termina no dia 28 deste mês. A peregrinação será na modalidade de 3 ou 7 dias. Para mais informações, ver contactos no cartaz.
Campanha da Mãe Peregrina

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Madrugadores do Santuário de Schoenstatt - Aveiro


No passado sábado dia 21 de Janeiro de 2012, ocorreu mais uma "madrugada", ou seja o encontro do grupo de madrugadores, do Santuário de Schoenstatt da Diocese de Aveiro.

O que é um madrugador?

Madrugador, é um homem, não necessariamente santo, que a sua comunidade de madrugadores ajudará a transformar, com a ajuda Divina, pouco a pouco, numa pessoa mais próxima da santidade, sabendo que este caminho não depende só dele, mas sim da forma como a sua comunidade aproveita cada madrugada, cada pequeno almoço fraterno e cada encontro para cultivar o espírito.


No dia 04 de Fevereiro de 2012 (sábado) às 7 horas da manhã, lá estaremos para mais um encontro de oração, reflexão e convívio amigo.
Venha juntar-se a este grupo. Todos são bem vindos.

Paulo Teixeira

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Vigílias dos S's (Braga) - À descoberta dos símbolos do Santuário


No segundo sábado de Janeiro, decorreu no Santuário de Braga mais uma Vigília dos S’s - Segundos Sábados no Santuário de Schoenstatt de Soutelo. Neste ano da corrente do Santuário, partimos à descoberta dos seus símbolos, que nos ajudam a aprofundar o espírito de Schoenstatt.
De facto, o Padre José Kentenich assim o salienta: “Todos os símbolos que encontramos no Santuário falam-nos. Melhor dizendo: eles não têm apenas um valor próprio. Têm também um valor simbólico (…). O que representam estes símbolos? São os emblemas genuínos do espírito de Schoenstatt (...). Queremos compreender mais profundamente os símbolos essenciais do nosso espírito schoenstattiano para, assim, nos tornarmos capazes de conquistar, passo a passo, todo este nosso espírito.” (J.K., 1966).
Como expressão desta caminhada de descoberta profunda do nosso Santuário e também do Capital de Graças oferecido, incluindo as contribuições pelo Santuário Original, vamos pintando um pequeno Santuário… que já está quase conquistado!


Depois da imagem da Mãe e Rainha Três Vezes Admirável e da talha do Capital de Graças, foi agora a vez de explorarmos o Símbolo do Pai, que torna presente no Santuário o olhar amoroso de Deus Pai. Cada um de nós, tomando consciência de que o Seu olhar paternal nos acompanha sempre com amor, pode exclamar “Ele vê-me, Ele ama-me, Ele precisa de mim”!
Assim, o Santuário assume-se como lugar privilegiado de salvação, onde se experimenta o encontro com o Deus da Vida, tal como podemos rezar no Rumo ao Céu:

Contemplas-nos com olhar de Pai,
fazes-nos participar da felicidade do Filho,
dispões tudo o que nos acontece
para a nossa salvação eterna. (RC 73)

Elisabete Coutinho

domingo, 22 de janeiro de 2012

Pedalando Rumo a 2014


Os pedalantes "Rumo a 2014", completaram hoje a ligação Santuário de Aveiro (Gafanha da Nazaré) - Santuário do Porto (Canidelo).
Durante a semana, contamos ter a crónica de mais esta pedalada.
Entretanto, publicamos estas 2 fotografias, só para registar o momento e felicitar todos os que cumpriram mais esta etapa.


Fami e Paulo

sábado, 21 de janeiro de 2012

Secretariado do Padre Kentenich


Durante este ano de 2012, no segundo Domingo de cada mês, antes da Missa das 17 horas, o Secretariado Padre José Kentenich, através da Equipa Padre Kentenich, vai dedicar cerca de 15 a 20 minutos ao nosso Pai e Fundador.
Nestes encontros iremos ter momentos de oração, reflexão ou testemunhos acerca do Padre Kentenich.
O primeiro destes encontros ocorreu no passado dia 08 de Janeiro de 2012 e nele procurámos explicar os objectivos destes encontros, bem como apresentar o Secretariado, os seus objectivos e as duas metas.

O Secretariado Padre José Kentenich está ao serviço do seu processo de beatificação. Dá informações e sugestões de orações às pessoas  que pretendem recorrer à sua intercessão.
Nos 88 países em que existe Secretariado, recebem-se muitas cartas de pessoas que encontram no Padre Kentenich orientação espiritual e confiam nas sua intercessão junto do Senhor.
Objectivos do Secretariado:
Divulgar a fama de santidade do Padre Kentenich através do boletim trimestral.
Proporcionar encontros de formação para que o Padre Kentenich se torne mais conhecido.
Estimular as pessoas a confiarem no seu poder intercessor através da oração das novenas.
Contribuir para o êxito do processo de beatificação, nomeadamente a finalização da fase diocesana e do posterior envio para Roma. Nisto, todos podemos contribuir com orações e pedindo que ocorra um milagre concreto, por sua intercessão, para ajudar no andamento do processo, conforme as normas da Igreja.
  

Metas do Secretariado:

A curto prazo – Dar a conhecer o Padre Kentenich, através do material escrito existente (livros sobre a sua vida, biografias, novenas, tríduos e boletins), testemunhos de pessoas que receberam auxílio nas mais diversas situações da vida. Organizar conferências para grupos interessados em conhecerem a sua vida e missão. Todo o tipo de actividades que venham a contribuir para o bom êxito do processo de beatificação.

A médio prazo – Realização de um encontro nacional em 17 de Junho de 2012, das 10,30 às 18,00 horas,  no Centro Tabor (Gafanha da Nazaré).

A longo prazo – Dar a conhecer melhor o Padre Kentenich, nomeadamente através de:
Incentivar as pessoas a visitarem o Santuário Original, os lugares por onde passou e viveu, bem como o lugar do seu repouso eterno na Igreja da Adoração.

No próximo dia 12 de Fevereiro de 2012, terá lugar a segunda apresentação / encontro dedicado ao Padre Kentenich.

Fami e Paulo

Nota: As fotografias apresentadas referem-se ao encontro de 08 de Janeiro.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

20 de Janeiro - 2º Marco Histórico de Schoenstatt


Neste dia 20 de Janeiro, em que se celebram 70 anos do 2º marco histórico de Schoenstatt, (ocorreu em 20 de Janeiro de 1942), transcrevemos um pequeno excerto duma carta que o Padre Kentenich, escreveu ao Padre Menningen, nesse dia 20 de Janeiro, ao meio dia:

"Faz-me um favor: procura que a Família cultive o espírito da Carta Branca e da Inscriptio... Então recuperarei a liberdade. Essa será sempre a minha resposta. Estarei enganado? Sei o que está em jogo e penso na Família, na Obra... Justamente por amor a elas creio que devo proceder assim.
Procurem primeiro o Reino de Deus... e tudo o resto lhes será dado em abundância... mas e os meios humanos? Por acaso, não ensinamos que temos que utilizá-los?

Por isso repito o meu pedido: não tornem mais difícil a minha decisão. Prometam trabalhar na conquista da Carta Branca e da Inscriptio e assim rapidamente recuperarei a minha liberdade."
(Excerto retirado do livro "Kentenich Reader" - Volume 1)

A fotografia regista uma visita do Padre Kentenich a Dachau, ocorrida em 1967.

Fami e Paulo

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Os 4 Marcos Históricos em Schoensatt



Amanhã lembramos e festejamos o 20 de Janeiro de 1942, o 2º Marco Histórico de Schoenstatt.
Fica aqui uma pequena explicação simples sobre os Marcos Históricos. Foi gravado no ano 2009 com o P. Alexandre Awi, hoje Diretor Nacional do Movimento de Schoenstatt no Brasil, na época Assessor Regional do Paraná da JMS. Na entrevista ele fala um pouco sobre a vinculação ao Santuário e a relação com os 4 Marcos Históricos.
MP


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Dia 18 - Renovação da Aliança de Amor


Hoje foi dia 18, dia da Aliança de Amor.
No final da Missa, peregrinámos até ao Santuário e aí em conjunto, renovámos a nossa Aliança de Amor, unidos a toda a Família de Schoenstatt que celebra o Ano do Santuário.


"Aceita, Mãe, os pequenos esforços que fizemos no cumprimento do nosso dever, no cultivo de uma séria vida de oração, na abertura à nossa transformação interior, os sacrifícios que, por amor, te quisemos oferecer, as renúncias e opções que fizemos com consciência de sermos teus aliados numa mesma Missão. Aceita também o nosso "sim" a tudo o que Deus nos foi pedindo através das circunstâncias."
(Excerto da oração de Renovação da Aliança de Amor).


No final queimámos o Capital de Graças, fazendo o que o Pai e Fundador nos diz no Documento de Fundação, a respeito da presença da Mãe no Santuário:

"Trazei-me diligentemente contribuições para o Capital de Graças: conquistai muitos méritos através do cumprimento fiel e fidelíssimo do dever e de uma zelosa vida de oração e colocai-os à minha disposição. Então estabelecer-me-ei de bom grado entre vós e distribuirei dons e graças em abundância."

Fami e Paulo

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

O Santuário de Schoenstatt - Sinal e garantia de humildade


"Para os schoenstatteanos, o Santuário é símbolo da primazia da graça e da liberdade com que Deus a oferece mas, também, da humildade com que a Família acata esta primazia e esta lliberdade de Deus, e da disponibilidade com que desejaria entregar-se sempre ao cumprimento do mais pequeno desejo que Ele lhe pudesse manifestar. O Santuário é assim para nós uma garantia e uma permanente escola de humildade e docilidade: porque cada vez que aí peregrinamos, proclamamos e renovamos alegremente a nossa dependência de Deus e a nossa vontade de aceitar os seus planos; reconhecemos que sem Ele e sem as graças que Ele aí nos concede, Schoenstatt não seria nada. Sentimos que a pequenez desse Santuário, que aceitámos com alegria - é também um sinal da nossa própria pequenez humana e da pequenez de toda a Família, facto que estamos dispostos a confessar com a mesma alegria, para que tudo o que Schoenstatt fizer, reverta na maior glória possível de Deus.
Assim, cada peregrinação ao Santuário, converte-se numa profissão de humildade, num acto de fé no poder da graça e numa entrega sem reservas aos planos de Deus e à sabedoria dos seus incompreensíveis caminhos. Com isso, convertemo-nos em instrumentos mais dóceis nas suas mãos, ao serviço da grande missão que Ele nos confiou."
(Texto retirado do livro "O Santuário de Schoenstatt" da autoria de Hernán Alessandri).

Fami e Paulo

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

1º Encontro da Corrente de Aliança


Decorreu na passada quinta feira, dia 12 de Janeiro de 2012, o primeiro encontro da Corrente de Aliança, que vai decorrer até 08 de Julho de 2012, no Centro Tabor.
O primeiro tema "A Aliança de Amor - uma oferta de Deus aos homens", foi (bem) preparado e apresentado pelo Padre Carlos Alberto, que nos falou do enquadramento da Aliança na História da Salvação.
"A palavra Aliança constitui a linha fundamental que atravessa toda a História da Salvação", foi a primeira ideia que o Padre Carlos Alberto nos transmitiu. 
"O Deus da Aliança é um Deus fiel que quer comprometer-Se radicalmente com os homens: para partilhar a Sua vida com eles através da união mais plena possível."


Em seguida, falou-nos da Aliança no Antigo Testamento, de Adão e Eva, Noé, Abraão a Moisés, explicou-nos que todos eles fizeram uma Aliança com Deus.
Do nº 9 do documento "Lumen Gentium", emanado do Concílio Vaticano II, apresentou-nos a seguinte passagem:
"Todas estas coisas aconteceram como preparação e figura da nova e perfeita Aliança que em Cristo havia de ser estabelecida e da revelação mais completa que seria transmitida pelo próprio Verbo de Deus feito carne."


Continuando a percorrer a linha que atravessa toda a história da Salvação, passou em seguida à Aliança no Novo Testamento.
"Estes dons da aliança são-nos oferecidos por Deus mediante a Eucaristia, instituída com esta finalidade na véspera da subida ao Calvário. A Eucaristia é o memorial permanente e a renovação eficaz do sacrifício que selou a Nova Aliança. Participando na Eucaristia, fazemos nossa a entrega filial e heróica de Cristo ao Pai no Espírito Santo." Esta síntese resuma de maneira simples, a importância da Aliança com Cristo, a Nova Aliança.

Finalmente explicou o porquê de uma Aliança de Amor com Maria.
E a resposta, pode ser resumida na seguinte frase:
"Maria é, sem dúvida, no plano de Deus o caminho mais rápido, mais eficaz e mais seguro para chegar a um conhecimento vital de Cristo, segundo palavras do Papa Pio X.
A Aliança de Amor com Maria possui uma extraordinária força transformadora."

Tua Aliança - nossa Missão!

Paulo Teixeira

(O próximo encontro terá lugar no dia 9 de Fevereiro de 2012)

domingo, 15 de janeiro de 2012

1ª Coroação das Imagens da Mãe Peregrina - Diocese de Aveiro

Missionários de Vila Nova de Monsarros

Foi de um modo muito simples, mas com muita alegria, que Vila Nova de Monsarros – Anadia, coroou 15 imagens da Mãe Peregrina, no passado dia 18, dando assim origem à grande corrente de graças que esperamos para as famílias da nossa diocese, através da coroação de todas as imagens da Mãe Peregrina de Schoenstatt. Esta iniciativa começou como preparação para a grande coroação deste ano, no dia 8 de Setembro no Santuário Original, de uma Imagem Auxiliar como RAINHA DA NOVA EVANGELIZAÇÃO DA EUROPA. Há quase dois anos, no mês de Março de 2010 esta imagem percorreu algumas paróquias da nossa diocese e de todo o Portugal. Ela está a peregrinar pelos países da Europa. Os missionários e muitas famílias reuniram-me à sua volta para rezar, agradecer os pequenos milagres que a MTA vai operando em cada lar e pedir por uma Europa mais cristã, especialmente pela santificação das famílias. Assim foi surgindo o desejo de coroar todas as imagens que visitam as famílias. Durante este último ano, junto com a imagem, foi enviado um pequeno impulso mensal para preparar a coroação através de atitudes que devemos conquistar. Vila Nova de Monsarros foi a primeira paróquia da nossa diocese a realizar a coroação.


Os missionários uniram-se na coordenação de alguns encontros marcados com as famílias, nas capelas de cada lugar, sobre o sentido e o porquê da coroação. O empenho foi muito grande, mas sempre na simplicidade. A honra era para a Rainha e por isso os próprios missionários prepararam um trono de uma beleza singular.


Com muita dedicação e amor, reuniram-se à noite para costurar umas almofadas dignas das coroas. Com ou menos jeito, todos puderam ajudar. Alguns maridos das missionárias ajudaram a idealizar o trono, prepararam uns troncos para suporte das Imagens e prontificaram-se na sua realização, ou seja na colocação de todas as peças no lugar improvisado. Cuidaram de ter uma lembrança para entregar a todos os que participassem na cerimónia de coroação.


No dia 18, dia da Aliança, pelas 9 horas, a igreja foi aberta e todos ficavam surpreendidos pelo trono com 15 Imagens Peregrinas, com 15 coroas, flores, velas e fitas em grande harmonia. Reinava uma alegria de criança, os olhos sorriam ao depararem com este trono. Seguiu-se a Santa Missa celebrada pelo pároco, o Padre Vitor Espadilha. Ele introduziu-nos na riqueza de Schoenstatt neste dia 18, na grandeza de Nossa Senhora pelo seu sim, fazendo referencia ao Evangelho e ainda nos presenteou com um testemunho, uma carta de uma paroquiana emigrante que visitou o Santuário Original com a sua família para irem buscar uma Mãe Peregrina. Ela teve uma experiência forte da presença de Nossa Senhora no Santuário Original e pediu para dizer ao “seu povo” que Nossa Senhora existe, que ela o sentiu.


No final, depois de breves palavras da Ir.Paula, o Sacerdote convidou todos a ajoelhar e a rezar a oração de consagração que tinha sido distribuída.
A entrega da coroa estava feita, só era necessário coloca-las em cada imagem da Rainha da Família.

O Padre Vitor Espadilha procedeu a essa pequena cerimónia e colocou todas as 15 pequenas coroas, enquanto o coro cantava.


No final da Eucaristia, na altura de retirar as Imagens da Mãe Peregrina coroadas, todos ficaram com muita pena, pois era uma imagem tão bonita, tão celestial, que eleva qualquer coração ao divino. Surgiu então a ideia de proporcionar às pessoas que não estavam presentes uma oportunidade de vivenciarem o trono das Peregrinas coroadas. Assim, como no fim-de-semana seguinte seria o Natal, e com o incentivo do sacerdote, ficou combinado de trazerem as Imagens coroadas e para que as almofadas não ficassem vazias, cada missionário devia colocar um pequeno Menino Jesus: nós oferecemos a coroa à Mãe e Rainha e Ela oferece-nos o Seu Menino.


Os frutos da coroação não tardaram a ser conhecidos. Uma mãe com uma filha problemática, recebeu a imagem coroada e pediu à Rainha pela sua filha, para que ela, pelo menos, encontrasse o caminho de volta para a Igreja e no dia seguinte, por própria iniciativa, a filha foi à Missa. Num encontro casual no Santuário, um jovem casal procurava uma Imagem Peregrina em ponto pequeno para levar para casa. Não conheciam este lugar, nem Schoenstatt, mas estiveram na Missa de Coroação (apesar de serem de outra paróquia) e gostaram tanto que querem uma Imagem da MTA na sua casa.
Foi a primeira coroação numa paróquia da diocese de Aveiro, mas muitas se seguirão. Que a Mãe Peregrina seja realmente para muitos um Santuário Peregrino de graças e que Nossa Senhora, com o seu poder de Rainha, ajude e acompanhe de perto todas as famílias pela “Nova Evangelização da Europa”.
A Campanha da Mãe peregrina agradece a todos os missionários e ao pároco de Vila Nova de Monsarros por todo o empenho na preparação e realização desta celebração de coroação.

Ir. Paula Leite, CMP

Fotos: P. Vitor Espadilha, Paulo Teixeira, José Raposo

sábado, 14 de janeiro de 2012

Pedalando Rumo a 2014 - Ligação Gafanha - Canidelo

Santuário da Diocese de Aveiro

Queridos amigos de todos os ramos da família de Schoensttat , no seguimento do nosso projecto de ligar o nosso Santuário TABOR a outros Santuários, aqui está o plano para mais uma etapa que nos irá levar da Gafanha da Nazaré, ao Santuário de CANIDELO, com passagem pelo SENHOR DA PEDRA, em Miramar, no próximo Domingo, dia 22 de Janeiro de 2012.
Com mais esta etapa do Pedalando rumo a 2014, vamos ficando mais perto da nossa meta dos 2500 quilómetros.
Contamos com muitos pedalantes para que esta ligação possa tornar a nossa REDE de SANTUÁRIOS mais forte ..
Saída - Gafanha da Nazaré - SANTUÁRIO TABOR

Destino - CANIDELO

Santuário da Diocese do Porto - Canidelo (Gaia)

Distancia - 140 Quilómetros (70 quilómetros para cada lado).
Grau de Dificuldade - Médio /Baixo (caminho sempre plano sem subidas).
Viagem sem assistência técnica pelo que, cada ciclista deverá ser auto-suficiente.

Encontro no Santuário Tabor com oração da manhã - 07,00 horas.
Saída do Santuário em direcção ao FERRY no Forte da Barra - 07,20 horas.
FERRY para São Jacinto - 08,05 horas.
Preço do ferry - 2 euros por pessoa. (Bicicletas não pagam).
Saída de S. Jacinto para Canidelo - 08,30 horas.
Paragem mais ou menos a meio da viagem para Cafezinho. Cada um pode levar os reforços energéticos que bem entender.


Paragem e Visita ao SENHOR DA PEDRA em Miramar.

Chegada a Canidelo - 12:00 / 12:15 horas.

Missa dominical imediatamente após a chegada do grupo, celebrada pelo nosso querido Padre Carlos Alberto que prontamente se disponibilizou para estar lá na nossa chegada e celebrar para nós esta missa de Acção de Graças.

Almoço rápido e ligeiro após a missa. (Cada pedalante será responsável pelo seu almoço).
Regresso a S. Jacinto - 15,15 horas.
Ferry de S. Jacinto para Gafanha - 19,35 horas.
Notas:
1 - Todas as familias dos pedalantes estão convidadas a acompanhar de carro, para poder participar na missa em Canidelo e levar o almoço ao seu pedalante e familiares.

2- A viagem de bicicleta será efectuada nos dois sentidos. No entanto, quem não quiser fazer a viagem de regresso, por motivos particulares ou falta de preparação para mais 70 quilómetros, deve organizar o seu regresso e transporte da bicicleta, de carro ou poderá ainda utilizar o comboio, que poderá ser apanhado em Gaia, não muito longe de Canidelo .
3- A saída de Canidelo terá que ser feita as 15,15 horas, afim de garantirmos que apanhamos o FERRY das 19,35 horas, pois o seguinte será só às 22,00 horas.
4- Todo o trajecto será efectuado na máxima segurança e sem NUNCA ter que recorrer a movimentada estrada nº 109 ...
Não faltem.

José Vilarinho

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Encontro dos Madrugadores de 07 de Janeiro

"Senhor quem entrará no Santuário p'ra Te louvar?"

No passado sábado dia 07 de Janeiro de 2012, teve lugar mais um encontro dos Madrugadores do Santuário de Schoenstatt da Diocese de Aveiro.
Das 7 às 8 horas da manhã, tivemos um momento de oração em conjunto, aproveitámos assim o convite que a Mãe nos faz, para virmos ao Santuário.
Pudemos sentir neste momento, que Deus escuta os nossos agradecimentos e pedidos e estivemos em meditação junto a Cristo, usufruindo daquela paz que só se pode encontrar no Santuário.

Registando este momento para o blogue

No final dissemos à Mãe:

"Aceita que te proclamemos, Rainha do Universo.
Abrasa-nos em ardente amor a ti. 
Faz que inflamemos o mundo inteiro ao teu serviço
Para que todos os povos encontrem
O caminho seguro para o lar.
O teu coração santo é para o mundo refúgio de paz,
O sinal de eleição e a porta do céu. Ámen."


Após a oração, tomámos o pequeno almoço em conjunto, aproveitando o momento para pormos a conversa em dia, trocando impressões sobre variados assuntos.
Dia 21 de Janeiro às 7 horas, lá estaremos outra vez, para respondermos presente à oferta que a Mãe nos faz.

Paulo Teixeira

Nota: A segunda fotografia foi tirada pelo José Vilarinho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...